” O Instituto Nossa Senhora da Vida quer permanecer na presença do Deus vivo e arder de zelo pela sua glória, ele ama o deserto e retorna a ele para encontrar Deus et beber nas fontes de água viva que dele jorram, mas ele também o deixa para ser, no mundo, um testemunho do Deus vivo, para o revelar às almas e orientá-las para as profundezas da sua intimidade.”

(Prólogo das Constituições)

 

Um Instituto Secular de Padres:

Sacerdote

Os padres de Nossa Senhora da Vida constituem o ramo sacerdotal do Instituto que nasceu em 1964.

Atraídos por uma vida espiritual forte, alguns sacerdotes diocesanos vieram até Nossa Senhora da Vida. Tocados pelo testemunho dos membros do ramo feminino, esses sacerdotes sentiram o chamado a viver esta vocação no coração de suas paróquias. Para o Frei Maria Eugênio, esta era a hora de organizar um grupo que compartilhasse o mesmo espírito e a mesma organização: assegurar a prioridade do espiritual na vida e em todas as formas de apostolado do padre diocesano. 

“Se nós fazemos algo aqui, não é para montar uma boutique, nem fazer uma associação, mas é para valorizar o sacerdócio, para espiritualizar e ajudar verdadeiramente os padres, para torná-los aptos a exercerem o seu sacerdócio de uma maneira eficaz para as almas.”

(Frei Maria Eugênio do Menino Jesus 08/08/1962)

No contexto da nova evangelização, os sacerdotes de Nossa Senhora da Vida  são enviados ao mundo como o Cristo foi enviado pelo Pai. Eles vivem a sua consagração a Deus no espírito do Carmelo, e pelos votos de pobreza, castidade e obediência. Eles são chamados a caminhar em direção à santidade e à ela conduzir aqueles que lhes são confiados lhes revelando o amor do Deus Vivo para que todos exerçam no mundo o seu sacerdócio bastismal.

 

Viver o ministério sacerdotal no sopro do Espírito

Através das duas horas de oração diárias e de retornos regulares ao “deserto”, o sacerdote de Nossa Senhora da Vida quer unir contemplação e ação nas situações ordinárias do seu ministério.

O Frei Maria Eugênio do Menino Jesus descrevia assim este chamado: Todo padre, antes ou depois de ter recebido o seu sacerdócio, precisa de um período de retiro para perceber a presença viva e ativa do Espírito Santo na Igreja e em sua alma; e para se tornar dócil a Ele oferecendo-lhe suas próprias ações. Ele deve em seguida, se esforçar ao máximo para aperfeiçoar esta docilidade. O Instituto de sacerdotes Nossa Senhora da Vida quer atender à essas necessidades.

O sacerdotes diocesanos e os sacerdotes incardinados no Insttituto

O ramo sacerdotal de Nossa Senhora da Vida abrange sacerdotes diocesanos e também os incardinados que estão à serviço do Instituto, e também seminaristas.

Os padres diocesanos recebem sua missão apostólica do seu bispo. A adesão ao ramo sacerdotal deve fortalecer o compromisso de cada um com a Igreja que lhes foi confiada. Geralmente, eles não vivem em comunidade.

Pertencendo à Nossa Senhora da Vida, eles ganham uma família onde se alimentam espiritualmente e constróem laços de amizade uns com os outros.

Os sacerdotes incardinados em nossa Senhora da Vida, recebem a sua missão apostólica do responsável geral do ramo sacerdotal. Eles podem ser enviados em qualquer lugar do mundo sozinhos ou em grupos servindo o carisma de Nossa Senhora da Vida.

Todos compartilham com os membros leigos, a mesma vida consagrada e formam uma única família espiritual.

Eles são cerca de 90 e exercem seus ministérios em várias dioceses da França e de outros países da Europa (Alemanha, Itália, Letônia, Lituânia, Polônia, Eslováquia), da Ásia (Filipinas, Japão, Taiwain), da África (Chade, Burkina Faso, Ruanda, Benin) e da América Latina (México, Guiana).

 

Formação espiritual, formação sacerdotal

A formação espiritual inicial é feita em uma das casas de retiro de Nossa Senhora da Vida. Sua finalidade é a prática da oração silienciosa para criar o hábito de viver na presença de Deus e fortalecer assim, o ministério sacerdotal. Através da oração, o sacerdote criará raízes na família de Nossa Senhora da Vida seguindo os passos da Virgem Maria e à luz da mensagem viva dos santos do Carmelo.

Os seminaristas e os jovens que entram no Instituto, recebem esta formação espiritual durante dois anos. Com o consentimento do seu bispo, o padre diocesano passa ao menos um ano em uma das casas de foramção e continua sua formação durante mais um ano em seu próprio ambiente de vida.

Após ter feito os votos temporários, um mínimo de seis anos é necessário antes dos votos definitivos. Os membros fazem um período de “reabastecimento” de três semanas ou um mês em uma casa do Instituto. Encontros fraternos, regionais e nacionais, são realizados regularmente. O seminário e a formação teológica, podem ser feitos no Studium de Nossa Senhora da Vida.

 

Vir à Nossa Senhora da Vida

“Eu insisto em dizer que a casa está aberta para você” dizia o Frei Maria Eugênio aos sacerdotes.

O ramo sacerdotal de Nossa Senhora da Vida dispõe de uma casa onde todo sacerdote que deseja fazer alguns dias de retiro pode ser acolhido, segundo a disponibilidade dos quartos.

Todos os anos um retiro para sacerdotes reúne padres, seminaristas e jovens como intuito de revitalizar as suas vidas de oração: contato com Cristo para tentar recolher as suas disposições, tomá-las para si  e torná-las vivas.

 

Sacerdote2